O perdão


por Luiz Henrique Matos

“Porque se perdoardes aos homens as suas ofensas, também vosso Pai celeste vos perdoará; Se porém, não perdoardes aos homens as suas ofensas, tampouco vosso Pai vos perdoará as vossas ofensas.” (Mateus 6.14 e 15).

Lembremos por um instante da “famosa” oração do Pai Nosso (Mateus 6.9 a 13), um pouquinho antes dessa passagem aí acima, especifícamente do versículo 12 que diz: “e perdoa-nos as nossas dívidas, assim como nós temos perdoado aos nossos devedores.”

Repare que o pedido de perdão ao Senhor está primeiramente condicionado a nossa decisão de perdoar a quem nos ofendeu. “Perdoa-nos”, que é dito a Deus, é um pedido, mas a declaração “temos perdoado”, referindo-se aos nossos devedores, é uma ação passada, já realizada.

Oro para que você tenha graça, paz e abundância do amor de Jesus em sua vida.

Comente aqui

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s