Fiat Lux. Sedere Lux.


por Luiz Henrique Matos

“A terra, porém, estava sem forma e vazia; havia trevas sobre a face do abismo, e o Espírito de Deus pairava por sobre as águas. Disse Deus: Haja luz; e houve luz. E viu Deus que a luz era boa; e fez separação entre a luz e as trevas.” (Genêsis 1.2:4).

Todas as noites após o termino de minha oração eu reservo cerca de uma hora para minha rotina de leitura. Geralmente acendo a luminária que fica no criado-mudo, sobre o qual está minha Bíblia devidamente marcada onde parei na noite anterior.

Tento sempre seguir o que Deus ordenou a Josué (capítulo 1) e meditar sobre a Palavra. Há alguns dias estava refletindo a respeito de minha vida como cristão. Pensava sobre minha postura, o que afinal significa ser um cristão verdadeiro? O que é ter uma postura aprovada por Deus que realmente faça a “diferença” onde quer que esteja?

Seguir o exemplo de vida de Jesus, é isso que venho aprendendo e declarando, mas isso é uma atitude que parte de dentro para fora, é uma transformação que se dá através da obediência e submissão aos mandamentos de Deus e da busca verdadeira pela comunhão com o Senhor. Mas eu procurava na Bíblia a forma como isso seria externado, o que nos diferencia de outras pessoas para que sejamos espiritualmente reconhecidos, ou seja, o que é a tal “diferença” que podemos fazer que não só um comportamento ético e puro?

Muitas vezes confundimos as coisas. Ser uma boa pessoa não quer dizer que se esteja salvo. A salvação vem pelo arrependimento de nossos pecados e reconhecimento de Jesus como único e suficiente salvador de nossas vidas, crendo no propósito de sua morte e na promessa de sua volta. Freqüentemente associamos à postura cristã um comportamento ético, mas existe uma controvérsia nisso tudo, não somos cristãos porque somos pessoas caridosas e responsáveis, mas ao contrário disso, temos dentre tantos outros, um comportamento transparente, puro, verdadeiro e ético justamente porque somos cristãos e não há como o ser sem passar por esse tratamento em nosso caráter (veja Galátas 5.22:23).

Certa noite eu já estava deitado e tentava dormir mas não o conseguia, virava de um lado para outro na cama mas o sono não aparecia (o que é incomum, geralmente durmo como uma pedra). Foi quando resolvi pegar minha Bíblia e estudar mais um pouco. Era tarde e não quis incomodar minha esposa com a luz da luminária, tateei o criado-mudo no escuro, abri a gaveta, um tanto desajeitado embaixo da coberta, peguei uma lanterna que deixo guardada para emergências e clic! que alívio! Acendi aquela luz e pude enxergar.

Naquele momento compreendi um ensinamento de Jesus que era resposta para muitas das minhas questões pessoais. Pode parecer muito óbvio e simplório, mas creio que é justamente por isso que eu não conseguia entender. Está aí a “diferença” que devemos fazer. Não basta ser simplesmente um bom entendedor e praticante dos ensinamentos da Palavra, para fazer a diferença, precisamos ser a luz desse mundo.

“Vocês são a luz do mundo. Não se pode esconder uma cidade construída sobre um monte. E, também, ninguém acende uma candeia e a coloca debaixo de uma vasilha. Pelo contrário, coloca-a no lugar apropriado, e assim ilumina a todos que estão na casa. Assim brilhe a luz de vocês diante dos homens, para que vejam as suas boas obras e glorifiquem ao Pai de vocês, que está nos céus”. (Mateus 5.14:16 – NVI).

Essa é uma das coisas que Deus espera de nós como seus filhos. Onde tudo está escuro, onde reinam as trevas, onde não se pode enxergar, ali deve chegar um cristão (luz), que entra em um lugar desses e faz tudo claro, diferente, novo, visível. A luz atrai, revela, guia o caminho de quem até então não podia ver, cura a “cegueira” da alma para que possamos ver a Verdade.

“Respondeu Jesus: “Eu sou o caminho, a verdade e a vida. Ninguém vem ao Pai, a não ser por mim.” (João 14.6 – NVI).

“A vida estava nele e a vida era a luz dos homens. A luz resplandece nas trevas, e as trevas não prevaleceram contra ela.” (João 1.4:5).

“Falando novamente ao povo, Jesus disse: “Eu sou a luz do mundo. Quem me segue, nunca andará em trevas, mas terá a luz da vida”. (João 8.12 – NVI).

Devemos seguir os passos de Jesus e buscar ser como Ele em caráter, em aparência espiritual, em obediência. Jesus é a verdade, o caminho e a vida (João 14.6), Ele é a luz, Ele é o exemplo, o “super-herói” de qualquer um que entenda-se por seu seguidor e discípulo. Seguir a Cristo, é buscar ser como Ele é.

E somos como Ele quando onde quer que estejamos possamos brilhar com intensidade da luz que Ele depositou em nós, da luz que Ele é. Se cremos em Deus, seu Espírito habita em nós (João 14.26) e se somos cheios do Espírito então iluminaremos com força radiante. O rei Davi declarou no Salmo 139 que é impossível fugir da presença do Senhor e que ainda as trevas não podem ser escuras o suficiente para a Sua presença gloriosa.

“Se eu digo: as trevas, com efeito, me encobrirão, e a luz ao redor de mim se fará noite, até as próprias trevas não te serão escuras: as trevas e a luz são a mesma coisa. Pois tu formaste o meu interior tu me teceste no seio de minha mãe. Graças te dou, visto que por modo assombrosamente maravilhoso me formaste; as tuas obras são admiráveis, e a minha alma o sabe muito bem; os meus ossos não te foram encobertos, quando no oculto fui formado e entretecido como nas profundezas da terra. Os teus olhos me viram a substância ainda informe, e no teu livro foram escritos todos os meus dias, cada um deles escrito e determinado, quando nem um deles há.” (Salmos 139.11:16).

Pois se Jesus enviou sobre nós o Espírito Santo de Deus então temos em nós a luz e certamente, somos nós essa luz. E tal qual a lanterninha que guardo em minha gaveta, devemos ajudar os cegos a seguirem para o caminho da verdade e do amor.

Enquanto criava o mundo, Deus disse: “fiat lux” (haja luz). Creio que hoje, para cada um de nós, Ele diz: “sedere lux” (ser luz). Ilumine pois.

Comente aqui

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s