Os riscos da prosperidade


por Luiz Henrique Matos

O dono do mundo - Chaplin

Há algumas semanas escrevi e postei um texto chamado “Em defesa da crise”. Era uma análise superficial e pessoal sobre o que está acontecendo com nosso mundo.

Curioso foi que, há alguns dias, revisava minha pasta de rascunhos e achei um de 2007 com algumas observações pessoais sobre a pujança e prosperidade pela qual passava nosso mundo. O título do texto era “Os riscos da prosperidade”. Detalhe: quase um ano antes de a crise financeira estourar.

Vão aqui os trechos do texto que nunca terminei. Na época em que bolha, para mim, ainda era definição de coisinhas de água com sabão que solto no ar para a Nina brincar. Na época em que subprime, para mim, já tinha o mesmo signifcado que hoje ainda tem: não faço a menor idéia!

Peraí, deixe-me explicar: isso não é uma apologia à pobreza, isso é um convite à simplicidade.

Quando por muito tempo deixamos de passar por alguma provação, nossa tendência natural é concluir que somos auto-suficientes naquela questão. Quando nossos recursos são suficientes para o que precisamos, passamos a acreditar que já não dependemos de Deus e sim de um talento ou esforço naturais. Na verdade, tudo é providência divina. E à medida que enriquecemos, nossa tendência maior é o tédio, achar que se tornou obrigatório aquilo que antes nos seria um luxo.

Assim também, uma sociedade próspera deixa de dar valor a questões elementares e passa a vagar sem um norte que a dirija.

Dizemos que nos sentimos vazios. Mas nossas almas não estão vazias, elas estão infladas.

A simplicidade da vida com o Pai é a segurança da direção de vida que precisamos.

Humildade. A prosperidade sem consciência mata esse valor.

3 comentários sobre “Os riscos da prosperidade

  1. Pingback: Churrasco, futebol, igreja e uns quilos a mais « Missão Virtual

  2. Pingback: Os evangélicos bomba « Missão Virtual

Comente aqui

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.