Se você não acredita no céu


Vamos supor que, como querem acreditar tantos, não exista céu ou inferno. Suponhamos que não tenha nada sobrenatural, de fato, que o mundo espiritual seja um estado fictício, uma fuga da mente humana para não sucumbir à dor do incerto e da perda. Imagine que a busca do homem pelo divino seja auto-engano e que não passamos realmente de matéria.

Conjeturemos que os textos sagrados mais antigos sejam tão somente lendas. Considere por um instante que milagres sejam felizes coincidências. Acredite, se puder, que tudo seja mesmo fruto do acaso, que a história se fez toda ela e o mundo inteiro de evidências puras, com apenas algumas, de certo, ainda não reveladas.

Tente pensar que não há um deus.

Mesmo assim, ainda assim, a figura do Cristo histórico, o Jesus registrado nos textos precários, o homem palestino do primeiro século, aquele pobre galileu e seu discurso louco, suas atitudes… eu o seguiria por onde fosse. Renderia minha vida aos seus pés, reconheceria minhas falhas, veria em sua graça as minhas imperfeições, a imagem que ansiaria refletir, o sacrifício redentor em seu olhar.

Eu o chamaria mestre. Tão humano, tão revolucionário, tão verdadeiro, tão puro, tão Deus.

Um comentário sobre “Se você não acredita no céu

Comente aqui

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s