Cecília


(escrito em 31 de janeiro de 2015)

Sonhei com minha filha essa noite.

Já estávamos no começo de abril e ela nascia naquele instante. A Manú estava na maca do hospital, eu aos seus pés e uma enfermeira vinha trazendo o bebê limpo para eu conhecer. Eu vestia um pijama, com calça comprida e camiseta. Quando finalmente a tomei no colo, senti aquela pele fina e macia em contato com a minha e pude ver aqueles olhos – aqueles olhos! – olhando fundo nos meus pela primeira vez. Num instante, o quarto do hospital se converteu magicamente no quarto aqui de casa. A Manú deitada em nossa cama e eu com nossa pequena nos braços. Repeti as palavras que disse quando a Nina nasceu e sentindo-a tão perto, tão minha, ali, chorei uma oração de gratidão.

O tempo havia parado em todo o resto do mundo e naquele minuto o mundo todo era só nosso. Entrava um raio de sol pela janela que iluminava parcialmente o quarto e nos envolvia. Soprava um vento leve ao redor. Nós dois sorríamos a felicidade encarnada. Erámos pais novamente. E Deus estava ali.

Um comentário sobre “Cecília

  1. Sabe que também me peguei pensando na Cecília e, obviamente, em vocês. Está perto dela vir à luz. E nós a conheceremos. Que emoção. Espero que seja até o próximo fim de semana, pois estaremos aí.
    Forte abraço a vocês.
    Que Deus os abençoe ricamente nesse momento importante.
    Beijos.

    Curtir

Comente aqui

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s