Quando a crônica vira poesia


Ser pai, é quando a crônica vira poesia, os fatos viram fantasia e a realidade se torna mais fantástica do que qualquer ficção.

E instantes assim se tornam a eternidade inteira.

Comente aqui

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s