Uma foto só para não perder o costume

NYC

Férias!

Férias

Caros amigos, estou em férias. E além do trabalho, a escrita também anda escassa. Tão logo consiga um pouco mais de tempo (é incrível como a gente se ocupa quando está ocioso…), volto por aqui para publicar algo.

Abraços,
LHM

Devoção (fotos)

Uma pausa no meio da semana para uma recomendação especial.

Recomendo uma visita à “exposição” virtual Devoção. Capturadas por Fahirata, as fotos mostram pessoas expressando suas crenças em momentos de culto.

Aqui, o link para álbum (no Flickr – não inseri imagens no post porque as fotos estão protegidas por direitos autorais).

devocao_fahirata

Uma foto para a quarta-feira

Atlantis

Atlantis

Somos pequenos, muito pequenos (e tão pretensiosos!).

Imagem da nave espacial Atlantis passando pelo Sol obtida pela base da NASA na Flórida.

Três fotos para uma sexta-feira chuvosa

Nem parece São Paulo.

Campo

Campo

Pôr do sol

Férias

Estrada

Estrada

Depois de quase um mês fora, voltei de férias essa semana. Não fui à praia, como gostaria. Mas fiz tantas e mais coisas das que estava mesmo precisando – pois é, Deus sabe e provê.

Sigo retomando a rotina, organizando a vida e pensando em coisas que preciso postar por aqui.

Nostalgia pré-férias

Lembranças de Paraty, na última viagem ao litoral e – muito provavelmente – um bom presságio de para onde será a próxima.

Paraty

Paraty

Paraty

Paraty

Paraty

Paraty

Paraty

Paraty

Paraty

Se quiser seguir viagem para lá, aqui vai um bom começo.

Paraíso na Terra



Buenos Aires (ARG), upload feito originalmente por hmatos.

Só pra animar a segunda-feira.

Se existirem mesmo alguns ‘portais’ que nos mostram uma partícula da eternidade, então estive num desses pedaços do Paraíso em agosto passado.

Na vastidão literária da ‘El Ateneo’ em Buenos Aires – a livraria ocupa um antigo teatro-ópera -, sou o sujeito de mochila verde do canto inferior direito da imagem.

Buenos dias, novos Aires

Quatro bons dias em terras portenhas e fotos do final de semana para lembrar da arquitetura impecável, dos restaurantes, do vinho seco, dos dias sem compromissos. Para lembrar do povo educado, da gente elegante, do café com churros, dos livros de Borges. Para lembrar do porto, das praças, das feiras, do doce de leite e dos alfajores. Para lembrar do frio, dos taxistas malucos, da cidade cheirosa, da paisagem urbana que se sente europeia. Para lembrar que corre sangue verde-e-amarelo nas veias, para lembrar do Maradona e do Pelé. Para lembra-los: “pentacampeões!”.

Cura para metropolecite aguda

Uma dose de São Luiz do Paraitinga (SP) para esquecer do trânsito, das filas, do trabalho, dos prazos. Para esquecer das buzinas, do fast food, do cheiro podre do rio. Para esquecer da vida, das telas, do telefone, da rotina. Para esquecer da cor cinza, da fumaça, do despertador. Para lembrar que a vida nasce da terra.